Maior artilheiro do Vitória Juvenal começou a trilhar sua artilharia ainda nos anos 40, quando o clube sequer era profissional. Natural de São Félix, o atacante começou aos 16 anos no Flamengo de Ilhéus e ainda em 1943 veio parar no Vitória, estreando com um gol em cima do Ypiranga, num 3 a 1. Defendeu o clube até meados de 1946, quando foi jogar em clubes do Sudeste. Em seu regresso em 1950 continuou a assinalar gols como fizera antes. Em 1951 marcou dois no triunfo em 3 a 1 no primeiro BaVi da Fonte Nova, e já em 1954 marcou dois na final do baiano que pôs fim ao jejum de títulos do Vitória. Desta forma converteu-se o Leão em campeão baiano e ele atuando até 1955 somou 150 gols, e assume por mais de seis décadas o posto de maior artilheiro rubro-negro.






                                                   

 Usamos Fontes e Referências de Pesquisas Para Nosso Site Clique Aqui.