O clube foi fundado pelo ex-jogador Ederlane Amorim, com a proposta de resgatar as conquistas do futebol da cidade, então bastante famoso em âmbito estadual, graças a times como o Conquista EC, o Humaitá, o Conquista FC (licenciados) e o Serrano Sport Club.

Foi iniciado, de fato, em 2001, com um trabalho voltado para a inclusão social, com objetivo de preparar os futuros atletas para o clube profissional. Essa proposta é consolidada com algumas participações em campeonatos locais e com a expansão do então Projeto Primeiro Passo para outras regiões do estado.

Em janeiro de 2005 foi fundado o Esporte Clube Primeiro Passo de Vitória da Conquista, legalmente instituído como equipe profissional. O Primeiro Passo, em seu site, traz uma promessa de "romper com os velhos vícios da cartolagem" e se considera "uma promessa".


A ascensão do ECPP foi meteórica. Seu primeiro título do time profissional foi conquistado na Segunda Divisão do Campeonato Baiano em 2006, quando a equipe terminou invicta após 14 partidas, enfrentando equipes como o tradicional Galícia e o forte Jacuipense.

Nos anos seguintes, fez campanhas razoáveis na primeira divisão estadual e no Campeonato Brasileiro da Série C, onde em 2008 perdeu a vaga por um gol.

Em 2010 venceu a Copa Governador do Estado da Bahia, o que lhe garantiu o direito de disputar o Campeonato Brasileiro da Série D de 2011.

Em 2011, conquistou a Copa Governador do Estado da Bahia pela segunda vez, o que lhe garantiu o direito de disputar o Campeonato Brasileiro da Série D de 2012.

Em 2012, conquistou novamente a Copa Governador do Estado da Bahia pela terceira vez consecutiva, o que lhe garantiu o direito de disputar o Campeonato Brasileiro da Série D de 2013, e a Copa do Brasil do ano seguinte

Em 2013 disputou a Copa do Brasil onde foi eliminado na primeira fase pelo Sport Recife, e teve a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Baiano de 2013, garantindo vaga na Copa do Nordeste de 2014.

Em 2014 disputou a Copa do Nordeste, sendo o pior time na competição, em 6 jogos, perdeu 5 e empatou uma. No segundo semestre sagrou-se tetracampeão da Copa Governador do Estado da Bahia, o que lhe garantiu vaga para disputar a Copa do Brasil de 2015.

Copa Governador do Estado da Bahia: 2010 - 2011- 2012 - 2014 - 2016



Campeonato Baiano - 2ª Divisão: 2006